Audax 300km Rio das Ostras

Abril/2017

Esse AUDAX com certeza tem história!!! TESTAMENTO: A começar que seria minha mais distância pedalada de forma contínua até hoje, pois no segundo dia do ultraman pedalamos 280km, estava partindo para 300km e à noite!!! Largamos as 16:00, num dia chuvoso e frio. A prova começou em ritmo controldado por mais de 15km, sob chuvisco e vento e já dava as caras o que nos aguardaria.....Pelote liberado e começamos a perceber que não seria nada fácil...vento, muito vento e noite, pois as 17:30 já estava escuro!!! E assim seguimos, à noite. Foram 150km de ida sob muito vento e chuva, logo após o PC 3, onde estávamos até num ritmo bom com um pelote, cai num buraco, impossível de ver pois a chuva cobria os buracos e a luz da lanterna não dava visão suficiente....consegui furar os dois pneus de uma só vez!!! Demoramos muito tempo para trocar, no frio e na chuva constante. Eu e Juan resolvemos seguir com meu pneu meia bomba até o PC 4 e aguardar o João, nosso apoio para encher corretamente o pneu. O PC 4 era o do macarrão, comemos, ajustamos as coisas e seguimos com um amigo do Juan que logo depois nos largou. Encaramos um estradão com mato dos dois lados e nada, nada à vista apenas lanternas à frante e atras de nós.... após 150km de vento contra chegamos no PC 5. Descansamos um pouco, refizemos as contas de tempo, pois nessa hora, com tanto vento e já dois pneus furados nossa previsão inicial já tinha ido para o espaço. Mas ainda estávamos bem e animados com a volta. Ufaaa, vento a favor que mesmo sem fazer força nos empurrava a 30km por hora, para quem não conseguia passar de 20km e fazendo força na ida, era uma maravilha. Como já sabíamos os PC de volta, e o vento ajudava, voltamos mais tranquilos. Mais um PC vencido, o primeiro na volta era a do macarrão novamente, comemos,bebemos e seguíamos sem problemas com o apoio nos PC´s do João com a coca-cola sempre salvadora e para mim pãozinho bisnaguinha.... E aí começa a tormenta...Lá pelo Km 190...Primeiro PC na volta OK, o próximo seria um não obrigatório, mas pelo cansaço eu e Juan nos programávamos para parar nele por 5 minutinhos...Chegamos lá e??? PC fechado, valeu Thiago...affff!!! Já abala um pouco o psicológio pois seriam mais quase 50km até o proximo apoio, e já tínhamos uns 210km nas costas e estávamos sozinhos o tempo todo na volta. Bem, depois de algumas horas, dor começando a aparecer e cansaço, chegamos no PC de Macaé e reparo que meu pneu dianteiro esta furado novamente, troco de roda e chove muito nessa hora. Queríamos descansar para seguir para a última perna de quase 50km, mas nesse PC praticamente não tinha lugar abrigado na chuva e muita gente querendo descansar. Juan começou a bater queixo de frio o que me preocupou, pois ele não é friorento como eu, que já estava com um casacão pesado e bem fechado há muitos kms. Resolvemos continuar e ai a história complica de vez. Além do vento, chuva, frio e madrugada....na saída do PC um cara tentou nos ensiar um caminho mais simples para sair de Macaé, já que era madrugada e muita gente saindo de farra e bebados, o que tornou esse trecho muito perigoso. E erramos o caminho de saída!!!! Depois de rodar em círculos, resolvemos voltar e refazer o caminho original... Ainda tinha mais uma hora até clarear, e eu já rezava para isso, pois já era para termos chegado pela previsão inicial e ainda faltavam quase 50km pela frente. Clareou, me animei e consegui tirar umas últimas forças para trazer Juan na roda e andarmos bem novamente....até que??!!! Erramos feio o caminho...Como de tempo em tempo eu olhava para trás para ver como Juan estava, sempre via um grupo atrás de nós, até que em certo momento esse grupo sumiu...andei mais um pouco e estranhei....Perguntei ao Juan se estávamos no caminho certo pois só ele estava com o mapa no garmim e daí que ele em falou que o mapa mostrava que estávamos fora de percurso....paramos, discutimos um pouco o que fazer, seguir ou voltar e achar a rota correta e decidimos voltar tudo. Putz, andamos 5 km fora do percurso, com a volta, foram 10km a mais e eu já fazia contas de km a km para acabar. Ainda paramos um pouco mais perdidos tentando achar o caminho correto na volta para o percurso mas aí meu psicológico foi para o espaço...faltava por volta de 25km e me abalei de vez. Não queria mais pedalar, reclamava e nosso ritmo caiu muito. Acho que Juan queria me bater nessa hora....kkkkkk. OK, segui, chorei, reclamei e quando chegamos na cidade de Rio das Ostras de volta, eu não aguentava mais nem fisicamente nem psicologicamente, segui de coroinha até o final já com Juan à minha frente me olhando de cara feia...kkkkk. Ok, ele esquece todo o tempo que o puxei e só lembra dessa parte de derrota...rs. Mas enfin chegamos, com 17hs de pedal e 14hs pedalando, valeu!! Audax 300km Rio das ostras pra conta!!!Ah sim, cheguei tendo que encher o pneu traseiro que estava furado também novamente mas não tinha nem mais camara nem paciência para trocar. E depois em casa percebi que pela terceira vez o da frente também estava vazio. Saldo: 5 pneus furados!!!!